INSCRIÇÕES -Projeto Guia Colaborativo das aves da ARIE Mata de Santa Genebra - 18/03/17

Body: 

Visitantes da Mata de Santa Genebra poderão participar de guia sobre aves

 

Inscrições para oficina, que será em março, estão abertas e podem ser feitas pelo site da Fundação José Pedro de Oliveira

 

Atividade em expansão em todo o mundo, a observação de aves representa uma importante ferramenta para a conservação da biodiversidade e para a Educação Ambiental. O contato com o ambiente natural durante a observação traz ainda inúmeros benefícios físicos e mentais aos praticantes. Na região de Campinas, diversos grupos promovem saídas de campo para “passarinhar”, além de palestras e atividades educativas para o público geral.

 

Visando promover essa atividade na ARIE Mata de Santa Genebra, a Fundação José Pedro de Oliveira vai realizar no dia 18 de março um encontro de formação para os interessados em participar do projeto “Guia colaborativo das aves da Arie Mata de Santa Genebra”. A atividade é uma parceria com o GOAC – Grupo de Observadores de Aves de Campinas, que realiza, há 10 anos, ações que têm contribuído significativamente para o conhecimento sobre as aves da nossa região.

 

O projeto, aberto ao público em geral, tem como objetivo sensibilizar os visitantes sobre a observação das aves, envolver a comunidade na valorização e divulgação da biodiversidade regional e qualificar os materiais educativos disponíveis para outros programas da Fundação.

 

Guia colaborativo

 

Durante o encontro serão apresentados os projetos desenvolvidos na Arie (Área de Relevante Interesse Ecológico), em especial o Guia colaborativo. Os participantes da formação também terão a oportunidade de conhecer mais sobre as atividades realizadas por observadores de aves da região.

 

De acordo com presidente da Fundação, Thiago Ferrari, este trabalho vai contribuir para o acervo de imagens de aves que vivem na Mata de Santa Genebra. “Nossa fauna é muito rica e o registro das espécies que temos é muito importante para a preservação. Além de ser uma atividade agradável, ela será de grande contribuição para os nossos projetos”, afirmou.

 

Para cada nova ave fotografada, será adicionada uma página no guia de observação, contendo informações sobre a biologia, a ecologia, estado de conservação e curiosidades da ave.

 

Além do crédito da imagem, serão incluídas no guia informações sobre o fotógrafo, momento de obtenção da foto, entre outras.

 

As visitas à Mata, para observação e fotografia das aves, serão feitas dentro de um calendário que a Fundação vai divulgar aos participantes. As atividades poderão ser feitas no período da manhã ou final da tarde, dentro do calendário de datas disponíveis.

 

INSCRIÇÕES

São 40 vagas e os interessados devem preencher o formulário disponível no link https://goo.gl/forms/LpT6YGQqsOFHsnM63.

Após preencher o formulário, é preciso aguardar a confirmação da inscrição, que será feita por e-mail.

O encontro será no dia 18 de março, sábado, das 8h30 às 13h, na sede da Fundação (Rua Mata Atlântica, 447. Bairro Bosque de Barão).