Borboletário: Projeto

               O Borboletário foi implantado no final de 2000, objetivando estudo científico de espécies de borboletas de Mata Atlântica e também educação ambiental, mostrando que os insetos são partes relevantes da fauna da Mata e são fundamentais para o equilíbrio deste ecossistema.

              Ocupa atualmente uma área total de 3.027,88 m², o Complexo do Borboletário é constituído por uma casa de criação de borboletas, casa das borboletas, um jardim e um pequeno viveiro de plantas para alimentação das lagartas.

              A criação das espécies estudadas inicia-se com a coleta de ovos dentro do Viveiro de Borboletas, uma estrutura de 380 m2 revestida de tela de sombreamento para acondicionar as espécies estudadas em ambiente natural e controlado. Seu interior é composto por plantas que florescem durante grande parte do ano. As borboletas se alimentam do néctar produzido por estas plantas, que servem também para que as fêmeas depositem seus ovos. Posteriormente os ovos são transferidos para a Casa de Criação.

              Todos os trabalhos realizados no Borboletário são utilizados como base para a Educação Ambiental, através deles passamos informações sobre as espécies de borboletas, plantas atrativas e sua importância para o ambiente. Através de palestras e demonstrações práticas colocamos as pessoas em contato direto com a fauna de borboletas da Mata de Santa Genebra, sensibilizando-os à importância das borboletas para a preservação e conservação da Mata de Santa Genebra e de outros fragmentos da região.

              O Público alvo é: Educação infantil, Ensino fundamental, Ensino médio, grupos da melhor idade, Universidades, entre outros.